Negócios

6 ferramentas tecnológicas que precisa para começar um negócio

por Helena Sousa | 16 March, 2022

Hoje em dia, começar um negócio é muito diferente do que era há 10 anos. A tecnologia evoluiu a passos largos e tornou-se uma parte integral da forma como a gestão das empresas é feita. Como tal, existe uma variedade de ferramentas que podem ajudar a lançar e manter o seu negócio a funcionar e a faturar, sendo necessário distinguir as que fazem realmente a diferença das que só fazem perder tempo numa fase embrionária.

 

Para que tenha em mãos tudo o que precisa para conquistar o sucesso, partilhamos neste artigo as ferramentas tecnológicas a ter em conta no momento de abrir o seu negócio.

 

6 ferramentas para começar um negócio

 

1. Software de gestão

 

Possivelmente a ferramenta tecnológica mais importante para qualquer negócio, independentemente da sua dimensão (mas ainda mais para empresas a começar), o software de gestão, também conhecido como ERP – de “Enterprise Resource Planning”, à letra “planeamento de recursos empresariais” –, é de uma importância ainda maior no momento de começar um negócio.

 

Software de gestão como o Jasmin permite centralizar muito do controlo de várias facetas da empresa, desde os inventários à faturação, tesouraria, contabilidade e mais departamentos. Para um negócio a começar, este software permite ter uma visão completa do estado da sua empresa, de forma a que consiga otimizar o seu desempenho, manter a agilidade de que precisa para arrancar e inclusivamente acelerar essa fase inicial de forma a ter o maior impacto.

 

2. Software de gestão da relação com os clientes (CRM)

 

O famoso CRM, software de gestão da relação com o cliente, veio mudar a forma como as empresas lidam com os seus clientes. O CRM é uma ferramenta intrinsecamente ligada ao ciclo de vendas, simplificando a sua gestão desde o primeiro contacto com um potencial cliente (lead) ao acompanhamento do mesmo após a conversão em cliente, de modo a manter a relação com o mesmo, incentivar novas compras ou cross-selling e minimizar o churn de clientes de subscrição.

 

Para quem acaba de começar um negócio, o CRM torna-se vital para o recém-criado departamento de vendas, permitindo automatizar algum do acompanhamento inicial e ajudando a garantir o sucesso daquelas valiosíssimas primeiras vendas.

 

3. Software de faturação

 

Não confundir com o software de gestão (que pode, ou não, incluir este software), o software de faturação é mais focado na gestão diária do seu negócio, particularmente no que toca à gestão das contas correntes e emissão de documentos de faturação.

 

Uma empresa não sobrevive sem capital, o que torna a faturação uma das áreas mais importantes de qualquer negócio – ainda mais para quem está a começar um negócio. Um bom software de faturação certificado como o Jasmin permite-lhe simplificar o processo de faturação, controlar os ciclos de compra e venda e enviar as suas faturas mais facilmente para os seus clientes, agilizando essa etapa do processo e ajudando os pagamentos a chegar mais depressa – e, na fase de abertura do negócio, cada segundo conta!

 

4. Armazenamento na cloud

 

Longe vão os dias da acumulação de papel e da impressão dos documentos. Hoje em dia, o local mais seguro para armazenar as informações essenciais de um negócio é digital, mais concretamente, o armazenamento na cloud.

 

O armazenamento na cloud serve não só para guardar e aceder a documentos digitalizados, como também para criar cópias de segurança (backups) de dados guardados nos seus dispositivos locais, como um meio de ter um duplicado das informações realmente importantes em caso de desastre.

 

Para além disso, existe também software na cloud que permite trabalhar sem ter de instalar mais programas, sendo apenas necessário um navegador web (browser) para aceder ao mesmo, ou até através dos dispositivos móveis, o que lhe permite trabalhar em qualquer lugar, em vez de estar preso ao escritório. Esta é a solução mais prática e flexível para quem está a começar um negócio. 

 

5. Software para gestão de projetos e equipas

 

A gestão da equipa é um dos principais pontos de dor para novas empresas, visto que é nesses primeiros dias que se forma toda uma organização e cultura que acompanhará a empresa a cada dia do seu crescimento futuro. Da mesma forma, para departamentos de investigação e desenvolvimento, empresas focadas em serviços e não só, a gestão de projetos é um ponto essencial que tem de ser bem estabelecido logo à partida.

 

É aí que entra o software de gestão de projetos, um termo genérico que engloba uma variedade de ferramentas para aumentar a eficiência das equipas. Desde plataformas de comunicação interna como o Slack a quadros de organização de projetos para metodologias Agile como o Trello e o Asana, existem sempre soluções para tornar o funcionamento da sua equipa e da gestão dos seus projetos mais direto, mais eficaz e mais produtivo.

 

6. Software de ponto de venda (POS)

 

O software POS, de Point of Sale (traduzido à letra, “ponto de venda”), é uma das tendências tecnológicas que estão a mudar a venda a retalho. Este software consiste essencialmente num sistema que substitui a típica caixa registadora e permite integrar as vendas dos canais principais – físico, e-commerce e em movimento – para acelerar o processo de venda, consultar os resultados em tempo real e gerir diversos pontos de venda numa só plataforma centralizada.

 

Para quem vai começar um negócio de venda a retalho, o POS torna-se, assim, uma ferramenta essencial para controlar e maximizar a eficácia das vendas, sendo escusado dizer que as vendas são, afinal de contas, o sangue de todo o tipo de negócios.

 

Abra o seu negócio com o software de gestão certo 

 

Independentemente da área do seu novo negócio, o Jasmin Software tem a solução certa para o seu mercado! Integrando numa só plataforma o software de gestão, o software de faturação, o POS, o processo de cobrança com pagamentos online e muito mais, o Jasmin é a ferramenta de eleição para empreendedores a dar os primeiros passos num novo projeto.

 

Ainda para mais, o Jasmin é completamente gratuito até atingir os 30.000 € de faturação, pelo que pode arrancar com o negócio sem esse custo acrescido e beneficiar das várias vantagens que fazem toda a diferença para atingir o sucesso!

 

Comece o seu negócio com o pé direito e experimente o Jasmin gratuitamente.

Deixe um comentário

Your email address will not be published.

Mais artigos